sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

---> Se o pecado não fosse enganoso, não pareceria delicioso.<----


  Ali, desejava ele fartar-se das alfarrobas que os porcos comiam… (Lucas 15:16)
 ---> Se o pecado não fosse enganoso, não pareceria delicioso.<---- 
Evite as Cascas
 Lucas 15:11-24. 
            Ah, a vida de um porco! Cada novo dia nada acrescenta além do chafundar-se na lama e bufar feliz na hora da refeição. E que refeições eles têm! Palhas de milho crocantes – ou qualquer sobra jogada no chiqueiro.
            Parece bom? Não? Provavelmente, também não pareceu bom ao filho pródigo.
            Antes de começar a comer com os porcos, ele tinha uma cama quente, uma rica herança, um pai amoroso, um futuro seguro – e, provavelmente, bom alimento. Mas não era o suficiente. Ele queria “diversão”. Ele queria ter sua própria vida e fazer o que desejasse. O resultado foi um jantar de porcos.
            Resultados semelhantes ocorrem sempre que uma pessoa jovem ignora a orientação de pais piedosos e a instrução da Palavra de Deus. Sempre fico chocado quando alguém que professe conhecer Jesus escolhe uma vida que rejeita o claro ensinamento de Deus. Quer as escolas incluam pecado sexual, substâncias formadoras de dependência, falta de ambição ou outra coisa, qualquer ação que exclui Deus corre o risco de terminar mal.
            Se ignorarmos os claros preceitos morais bíblicos e negligenciarmos nosso relacionamento com Deus, poderemos esperar por problemas. Lucas nos conta que o jovem deu uma reviravolta após cair em si (Lucas 15:17). Não perca o bom senso. Viva para Deus e pela orientação da Sua Palavra – a menos que você deseje ardentemente o que não tem valor.
 FONTE:J. David Branon

Em Cristo com amor,
Liziane

sábado, 10 de dezembro de 2011

"SEUS VIZINHOS VÃO MORRER DE INVEJA".

Recebi um e-mail de uma loja, anunciando um lindo televisor 3D, led, e blábláblá...
O título do e-mail era: "SEUS VIZINHOS VÃO MORRER DE INVEJA".
Imagino que isso deve chamar a atenção de muitas pessoas, pois do contrário não fariam a propaganda dessa forma.
Fico pensando: o que há no coração de uma pessoa, que compra uma tv, ou um carro, ou uma casa, seja o que for...  com a intenção de provocar inveja nos outros?!
É triste, mas deve ter muita gente assim... Eu lembro quando lançaram o aparelho de DVD, tinha gente que nem sabia pra que servia ao certo, mas precisava ter um, urgentemente! Pra quê? Rss...
Ostentação, vaidade... e tantas outras características feias... PECADO!!
É por essas e outras que tem tanta gente endividada...
O que te leva a uma loja para comprar roupas, móveis, carro, etc.? Qual a sua verdadeira intenção?  Pense antes, avalie bem... é realmente necessário? Ou existem outras prioridades?
Temos quer ter discernimento das coisas, principalmente nós que conhecemos a Palavra de Deus, e devemos praticá-la.

Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. (Hebreus 4.12)

O homem de bem alcançará o favor do SENHOR, mas ao homem de intenções perversas ele condenará. (Provérbios 12.2)

Afasta de mim a vaidade e a palavra mentirosa; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; mantém-me do pão da minha porção de costume; (Provérbios 30.8)


Fica a dica... pense nisso!!



Liziane Bayer